Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O drama do chapéu

Terça-feira, 17.08.21

A vista é deslumbrante, o ar fresco convida a um café apreciado debaixo da sombra de um chapéu meio rasgado mas colorido.
Mesas vazias, tristes cadeiras com poeiras transportadas pelos ventos, que mais parecem antigos e poéticos livros abertos e gastos que se desfolham num vai e vem com as brisas do tempo, são alinhadas pela Sra de avental.
Cuidado Sr. . . Costuma aparecer por aqui uma ventania que leva tudo pela frente, chegue-se para este lado, aqui está mais abrigado, acrescentou. . .
Agradecido pedi algo mais, pois estava com vontade de sentir essa (Ventania). . .
Um remoinho anuncia a chegada da tal ventania.
Apressada a Sra de Avental junta cadeiras, puxa mesas, o avental se levanta e lhe tapa o rosto, o chapéu rodopia, começa a tombar mas a Sra de Avental tenta o segurar, sem sucesso. . . Caem os dois. . . Ouvi gemidos. . .
Alguém se levanta em auxílio pois a Sra de Avental foi magoada no peito. Não sei se era grave, ora se ria, ora chorava contendo as lágrimas. . .
Devia de ir em auxílio, pois ela se preocupou antes comigo. . .
Eu apenas me limitei a escrever como se poeta fosse. . . Não ajudei, mas a Sra de Avental será lembrada para sempre pela sua humilde e simples preocupação. . .

Hoje há um fraco vento, bate forte meu coração, lhe ofereço um ramo de flores envolto num véu. . .
Para que o aconchegue em seu peito e sinta nele a minha mão e que a proteja do Drama Do Chapéu. 

@David Viana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por @David Viana às 18:47





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2021

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Tudo a seu Tempo