Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Á janela

Sábado, 14.08.21

Calor

Abriste a janela e viste a lua
Invejavel aquela beleza
Teus olhos viram nela um brilho maior com toda a tua certeza.

Ao ve-la? logo me imaginaste, fico feliz por te lembrares de mim
É sinal que o nosso amor é um universo num horizonte sem fim

Nao me interessa se tiveste este ou outro sentimento
So guardas em teu peito as mais lindas palavras que dissemos nesses momentos.

Se aquele brilho é um desejo?
Confirmo que é ela a minha lua
Mas jamais ela consegue superar a beleza  que na terra é tua. . .

Fui também à janela, ver a lua e estrelas brilhantes que há no céu
Entre elas as que mais brilham choram por saber que meu coração é teu. . .

Se és brilhante na terra? nao precisas chorar
Nao vale suspirar pela estrela que esta longe . . .
Quando estamos tristes, mesmo descalços em caminhos ásperos subimos ao monte meditando esperançados. . . A vaidade da beleza nem sempre está no horizonte. . .

@David Viana

21f646300d0fea34f917ebdde3424c82 - Cópia.jpg

padre-hijo-e1592671315418.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por @David Viana às 23:52


1 comentário

De Caçadora de Sonhos a 15.08.2021 às 00:54

" .... o nosso amor é um universo num horizonte sem fim...."; "... entre elas as que mais brilham choram por saber que meu coração é teu...." ; " .... quando estamos tristes (.... ) subimos o monte e meditamos esperançados. .. " Que horizonte tão distante... que monte tão agreste que temos que subir, sozinhos... sem esperança. ... esta esperanca que é primeira a perder....

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2021

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Tudo a seu Tempo